ACESSOS AO BLOG

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Vereadores de Oposição impedem construção de duas unidades de saúde em Piancó


Na sessão do último dia 18 de setembro, no plenário da Câmara Municipal de Piancó, os vereadores oposicionistas, Guilherme Montenegro (PRTB), Neguinho Marinheiro (PSD), Peta de Evandro (PSB), Hermógenes (PTN) e Neném de Fandinga (DEM), votaram contra o Projeto de Lei nº 35/2014, de autoria do Poder Executivo Municipal, que "Autoriza a abertura de Crédito Especial ao orçamento vigente, no valor de R$ 301.000,00 (trezentos e um mil reais), para atender a construção do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e Unidade de Acolhimento (UA)". Votaram favoráveis ao referido projeto os vereadores Pádua Leite (PT), Tota Militão (PSD) e Paula (PSD). As vereadoras Christtiane Remígio (PSD) e Erilene Alves (PSDB). O presidente, Dr. Rato (PSD), só votaria em caso de empate. É o chamado voto de minerva.

O vereador Pádua Leite (PT), líder do prefeito Sales Lima na Câmara Municipal, ao discursar na tribuna, disse que o município de Piancó fora contemplado com a importância de R$ 301.000,00 (trezentos e um mil reais) para construção de unidades de saúde (CAPS e UA) e que a autorização da Câmara Municipal de Piancó era necessária para se dar início aos trabalhos.

No entanto, os vereadores oposicionistas votaram contra e rejeitaram o referido Projeto, prejudicando o município de Piancó, que será obrigado a devolver a referida quantia ao Governo Federal.

Segundo o vereador petista, "a postura dos cinco vereadores de oposição é mesquinha, tupiniquim e, pior, como representantes do Povo deveriam, pelo menos, defender os interesses da população e, de forma alguma, impedir que as ações governamentais cheguem ao cidadão piancoense, rejeitando projetos de autoria do Poder Executivo simplesmente porque não comungam com o seu grupo político. É preciso que a população piancoense repudie esse comportamento doentio, característica de quem não tem compromisso com o nosso Povo. Lamentável!!!"

Vereadores de Oposição votam contra o Meio Ambiente


Na sessão ordinária do dia 18 de setembro, realizada no plenário da Câmara Municipal de Piancó, os vereadores oposicionistas, Guilherme Montenegro, Neguinho Marinheiro, Peta de Evandro, Hermógenes e Neném de Fandinga, votaram contra o Projeto de Lei nº 36/2014, de autoria do Executivo Municipal, que "Dispõe sobre a criação do Fundo Municipal do Meio Ambiente - FUMUMMA". Apenas os vereadores Pádua Leite, Tota Militão e Paula votaram favoráveis. As vereadoras Christhianne Remígio e Erilene Alves não estavam presentes. O presidente da Câmara Municipal, Dr. Rato, só votaria se ocorre o empate. É o chamado voto de minerva.

Na tribuna, o vereador Pádua Leite (PT) tentou convencer os vereadores de que a matéria era de suma importância para o Município, vez que todos os recursos destinados ao meio ambiente seriam alocados para o referido Fundo, a exemplo do Fundo Municipal de Saúde.

O vereador petista disse, ainda, que a criação do referido Fundo Municipal do Meio Ambiente era uma imposição do Governo Federal para viabilizar recursos de obras da Transposição do Rio São Francisco, do saneamento básico, da revitalização do Rio Piancó, além de outros programas ambientais. "Sem a existência do FUMAMA, fica inviabilizado a transferência de recursos ao município de Piancó", disse o vereador Pádua Leite (PT). No entanto, para surpresa de todos, os vereadores oposicionistas resolveram votar contra o Projeto de Lei, prejudicando o Município de Piancó, vez que este deixará de receber recursos federais.

Os vereadores oposicionistas afirmaram na tribuna da Câmara que estariam votando contra o prefeito de Piancó, Sales Lima. O que não se justifica...

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Pádua Leite concederá entrevista a Rádio Nativa na tarde de hoje

Por conta dos acontecimentos ocorridos na sessão de ontem na Câmara Municipal de Piancó, estarei, HOJE, a partir das 13h00, na Rádio Nativa, concedendo entrevista ao competentíssimo radialista Esmaildo Pereira.

Na entrevista, abordarei as seguintes questões: a) abuso de autoridade de um promotor de Justiça, b) sessão ordinária de ontem (projetos de interesse da população rejeitados por cinco vereadores de oposição, titulo de persona non grata e postura de vereadores), c) má administração do Hospital Regional Wenceslau Lopes, d) gestão do prefeito Sales Lima, e) liderança política, f) governo Dilma Rousseff, além de responder as indagações do público por telefone.

NÃO PERCAM!!! HOJE, a partir das 13h00, na Rádio Nativa, entrevista do vereador Pádua Leite.



quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Município de Piancó aciona ex-prefeita com dezenas de processos na Justiça e no Ministério Público


O procurador-geral do município de Piancó. Dr. Yurick Azevedo, fez um levantamento do número de ações que fora obrigado a ajuizar contra a ex-prefeita Flávia Serra Galdino para retirar o município da inadimplência. São ações criminais e de reparação de danos por ato de improbidade administrativa, principalmente, pela ausência de prestação de contas em diversos convênios firmados com o Governo Federal.

Segundo Yurick Azevedo, o município ainda poderá ajuizar dezenas de ações para evitar o inadimplemento, como também buscar a reparação pelos danos causados na gestão anterior (2005/2012), quando estava à frente do município a ex-prefeita Flávia Galdino.

Pelo levantamento elaborado pelo procurador-geral já são 27 ações propostas pelo município de Piancó, incluindo representações criminais junto ao Ministério Público Federal, como se verifica abaixo:




AÇÕES DO MUNICÍPIO DE PIANCÓ CONTRA FLÁVIA SERRA GALDINO

 01) Proc. nº 0001830-15.2014.815.0261
Justiça Comum da Paraíba
AÇÃO DE EXECUÇÃO FISCAL
Motivação: Multa do TCE (TC nº 12.107/2009), no valor de R$ 1.402,55.

 02) Proc. nº 0000342-04.2013.4.05.8205
Justiça Federal da Paraíba/Vara Federal de Patos-PB.
AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
Motivação: Locação de Mamógrafo e Tomógrafo no valor de R$ 320.000,00.

  03) Proc. nº 0000516-13.2013.4.05.8205
Justiça Federal da Paraíba/Vara Federal de Patos-PB.
AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
Motivação: Prestação de Contas do Projeto de Inclusão Produtiva no valor de R$ 50.257,19.

04) Proc. nº 0002206-35.2013.815.0261
Justiça Comum da Paraíba
AÇÃO CAUTELAR DE BUSCA E APREENSÃO DE BENS E DOCUMENTO
Motivação: Documentos retirados do prédio da Prefeitura Municipal de Piancó
  
      05) Proc. nº 0000176-69.2013.4.05.8205
Justiça Federal da Paraíba/Vara Federal de Patos-PB.
AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA C/REPARAÇÃO DE DANOS AO ERÁRIO
Motivação: Não prestação de contas ao PNAE no valor de R$ 168.900,00.

   0 6) Proc. nº 0000540-41.2013.4.05.8205
Justiça Federal da Paraíba/Vara Federal de Patos-PB.
AÇÃO CÍVEL DE RESSARCIMENTO DE DANOS AO ERÁRIO MUNICIPAL POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
Motivação: Não prestação de contas de recursos oriundos do Ministério da Saúde (Convênio nº 3100/2007), no valor de R$ 200.000,00.
 

      07) Proc. nº 0000177-54.2013.4.05.8205
Justiça Federal da Paraíba/Vara Federal de Patos-PB.
AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA C/REPARAÇÃO DE DANOS AO ERÁRIO
Motivação: Não prestação de contas ao PNATE no valor de R$ 153.241,62.

        08) Proc. nº 0000346-41.2013.4.05.8205
Justiça Federal da Paraíba/Vara Federal de Patos-PB.
AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA C/REPARAÇÃO DE DANOS AO ERÁRIO
Motivação: Não prestação de contas ao PNATE no valor de R$ 140.388,82.

           09) Proc. nº 0000138-57.2013.4.05.8205
Justiça Federal da Paraíba/Vara Federal de Patos-PB.
AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA C/REPARAÇÃO DE DANOS AO ERÁRIO
Motivação: Não prestação de contas ao Ministério do Turismo no valor de R$ 250.000,00 (Convênio nº 00348/2009).

10) Proc. nº 0000137-72.2013.4.05.8205
Justiça Federal da Paraíba/Vara Federal de Patos-PB.
AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA C/REPARAÇÃO DE DANOS AO ERÁRIO
Motivação: Não prestação de contas ao Ministério do Esporte no valor de R$ 32.591,40 (Convênio nº 00436/2007).

11) Proc. nº 0000136-87.2013.4.05.8205
Justiça Federal da Paraíba/Vara Federal de Patos-PB.
AÇÃO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA C/REPARAÇÃO DE DANOS AO ERÁRIO
Motivação: Não prestação de contas ao Fundo Nacional de Assistência Social no valor de R$ 24.521,18 (Convênio nº 00361/2007).

12) Proc. nº 0000603-24.2013.815.0261
Justiça Comum da Paraíba
AÇÃO CÍVEL DE RESSARCIMENTO DE DANOS AO ERÁRIO MUNICIPAL POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
Motivação: Não prestação de Contas de recursos oriundos do Ministério da Saúde no valor de R$ 95.000,00.

13) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do Ministério do Turismo, no valor de R$ 170.000,00 (Convênio nº 00134/2006)

14) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do Ministério da Saúde, no valor de R$ 320.000,00.

15) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), no valor de R$ 331.650,00 (Convênio nº 700654/2010).

16) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do Ministério do Turismo, no valor de R$ 300.000,00 (Convênio nº 00402/2008).

17) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS), no valor de R$ 50.257,19 (Convênio nº 001058/2005).

18) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do Ministério da Saúde, no valor de R$ 200.000,00 (Convênio nº 3100/2007).

19) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do PNATE, no valor de R$ 153.241,62.

20) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do PNATE, no valor de R$ 168.900,00.

21) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do PNAE, no valor de R$ 202.740,00.

22) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do PNATE, no valor de R$ 140.388,82.

  23)         REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do FNDE, no valor de R$ 38.610,00.

24) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do Ministério da Saúde, no valor de R$ 20.000,00.

2  25) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

26) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do Ministério do Turismo (Convênio nº 00348/2009).

    27) REPRESENTAÇÃO CRIMINAL
Ministério Público Federal/Procuradoria da República de Patos-PB.
Motivação: Não prestação de Contas de verbas oriundas do Ministério do Esporte (Convênio nº 436/2007).

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

CAGEPA autoriza construção de adutora e expansão de rede em Piancó

Planilha de Quantitativos e de Preços da obra da adutora em PiancóAdicionar legenda
As sementes plantadas em um movimento para construção de uma adutora e da expansão da rede de distribuição de água em Piancó, realizado no 26 de outubro de 2012, acabaram de se transformar em frutos. O movimento foi organizado pelo vereador Pádua Leite (PT) e por Nonato e Aparecida, tendo a contribuição dos empresários Ângelo Leite Filho e André Galdino.

É que a CAGEPA (Companhia de Água e Esgotos da Paraíba) autorizou, mediante ordem de serviço, a construção da adutora e da expansão da rede de distribuição de água no valor de R$ 5.606.568,70 (cinco milhões, seiscentos e seis mil, quinhentos e sessenta e oito reais e setenta centavos), conforme se comprova com o documento acima.

Fotos da interdição da BR 361, realizado em Piancó, no dia 26/10/2012.

Fotos da interdição da BR 361, realizado em Piancó, no dia 26/10/2012.

Fotos da interdição da BR 361, realizado em Piancó, no dia 26/10/2012.

Comparação dos Governos Flávia Galdino x Sales Lima: DESFILE DA SEMANA DA PÁTRIA

 NO GOVERNO DE FLÁVIA GALDINO:

Desfile de 07 de setembro de 2010...
  No Governo Flávia Serra Galdino (2005/2012) o desrespeito aos estudantes, aos professores, aos funcionários, às escolas e aos pais era flagrante. A ex-prefeita não compareceu a nenhum desfile durante os oito anos que esteve à frente da administração municipal. Era colocado apenas um pequeno palanque, onde comparecia apenas a secretária de Educação, Rita Lopes, e o presidente da Câmara Municipal, vereador Antônio Leite.(vejam as fotos).

Desfilie de 07 de setembro de 2010...
No ano de 2012, a ex-prefeita tentou impedir o desfile porque iria coincidir com o seu comício, que contaria com a presença do atual senador Cássio Cunha Lima. Só não obtivera êxito na empreitada porque os diretores do Colégio Compacto procuraram a então Juíza de Direito da Comarca de Piancó, Dra. Luciana Rodrigues, que garantiu a realização do desfile da referida escola.


GOVERNO SALES LIMA:

No governo do atual prefeito Sales Lima, o respeito aos estudantes, aos professores, aos funcionários, aos diretores, às escolas e aos pais é flagrante. Monta-se, em primeiro lugar, um palanque com a decoração verde e amarelo. O prefeito, o vice-prefeito, secretários e vereadores comparecem para prestigiar o evento. As ruas são iluminadas e garanta-se toda a estrutura para a realização do desfile.

Desfile de 07 de setembro de 2014.
Desfile de 07 de setembro de 2014. Presenças garantida das autoridades municipais...

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Flávia Galdino: a política movida a cargos públicos...

(2006/2010) com o ex-governador Zé Maranhão
Na política, o verbo "trair" é o que mais se afina com a ex-prefeita de Piancó, Flávia Serra Galdino (PSB). Sem qualquer constrangimento, ela não pensa duas vezes em dar rasteira política em qualquer cidadão, político aliado ou em negociatas.

Na esfera estadual, a ex-prefeita já esteve no palanque de todos os ex-governadores, claro, buscando abocanhar cargos públicos a seu favor de seus aliados políticos.
 
As fotos, apenas, comprovam que ela já defendeu a bandeira do ex-governador Zé Maranhão (PMDB), quando este era adversário político de Cássio Cunha Lima. Meses atrás, defendia o governador Ricardo Coutinho (PSB), quando este tinha como adversário Zé Maranhão. Agora, já de olho nas pesquisas e nos cargos públicos, caso seja vencedora, faz oposição ao governador Ricardo Coutinho e se alia ao senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

Seguindo o mesmo comportamento, o ex-vice prefeito Antônio Dantas (PSC) também aprendeu a fazer negociata, pensando unicamente na parcela do bolo que possa ter direito, em caso de uma vitória cassista. 

E, como não importa programa de governo ou bandeira partidária, a ex-prefeita e seu ex-vice prefeito vão fazendo política em benefício próprio... 


( 2011/agosto 2014) com o governador Ricardo Coutinho e Antônio Dantas

( agosto.2014) Antônio Dantas, Flávia Galdino, Tovar e Cássio Cunha Lima

Na próxima matéria, traremos detalhes de como ela traiu Welligton Roberto, Leonardo Gadelha, Trócolli Júnior e Adriano Galdino...

Governo do Estado contempla Hospital de Piancó com verba para manutenção


O Diário Oficial do Estado (edição 15.624, de 03/09/2014) publicou o Decreto nº 35.295, de 02/09/2014, que "Abre crédito suplementar para reforço de dotações consignadas no vigente orçamento", prevendo o repasse para o Hospital Regional Wenceslau Lopes do valor de R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais) para fins de manutenção de serviços.

O valor destinado a manutenção de serviços chegou em boa hora, tendo em vista o caos em que fora encontrado o Hospital pela nova administração.

É público e notório que há bem pouco tempo, que aquele Hospital não oferecia qualquer serviço ao cidadão do Vale do Piancó, uma vez que faltavam medicamentos, materiais médico-hospitalares e alimentação para os pacientes.

Esta semana ainda, o Blog do Pádua Leite publicará matéria sobre o caos encontrado no Hospital de Piancó.